terça-feira, 17 de outubro de 2017

Aranha Dailili (Dica de Livro)





Um livro é um poço de criatividade.
Um livro é uma ferramenta pra inventar
e se apropriar do novo.
Um livro é um novelo de ideias,
é uma teia que nos dá liberdade de ir onde quiser tecendo os sonhos.
Um livro é a possibilidade do brincar e aventura-se no inimaginável.


Paula Belmino

Quer ver as crianças sorrirem  e ter a total liberdade para brincar, criar, inventar, e imaginar? É ler um livro, mais que ler um livro é deixar que sonhem e brinquem. O livor é um brinquedo feito de letras como bem colocou Rubem Alves e é essa magia que tento levar diariamente pra sala de aula onde as crianças estão se  alfabetizando. Mais que aprender conceitos ou decorar fonemas, as crianças leem por prazer, aliam a leitura literária com a poesia do vivenciar, brincar, criar.
Toda vez que leio um livro faço uso de caras e bocas, de sons, recrio os personagens, dou importância para a releitura das crianças sem esteriótipos
Ontem lemos a historia do livro Aranha Dailili de Leticia de Luciana Savaget com as belas ilustrações de Patrícia Melo pela Editora ZIT

O engraçado que criamos a aranha com recorte e colagem cada um de seu modo, com giz de cera, fazendo olhinhos, boquinha e ai perceberam que numa das ilustrações viam so 6 partas, ai quiseram logo saber se eram 6 ou 8 pares, como se chama as patas e que servem para sentir e injetar veneno.



As crianças puderam compreender que as aranhas são aracnídeos, fizeram a pesquisa sobre a quantidade de patas, descobriram que elas não possuem antenas e como sentem o cheiro, de que se alimentam, mas além de todo conhecimento científico as crianças puderam idealizar no tecer da teia da aranha a poesia do tempo, da criatividade, do gostar de fazer algo.

Aula divertida com pesquisa e criatividade.
As aranhas depois ficaram obre a mesa observando as crianças estudarem e eles levam a fantasia bem á sério. Basta um vento na sala soprar a aranhinha e eles creem que elas querem passear.

Depois de ler elas desenharam e escreveram como viam Dailili, na escola incentivo o reescrever, usando o próprio entendimento do texto








Ainda estaremos estudando sobre os aracnídeos e a Aranha Dailili está no coração das crianças, afinal é uma aranha brincalhona e esperta.
Para conhecer e adquirir o livro:




https://ziteditora.com.br/produto/aranha-dailili/

segunda-feira, 16 de outubro de 2017

Dia Mundial do Pão




Todo dia bem cedinho
o forno quente espalha
o cheiro de pão pelo ar.
Pão de todos os tipos
pra fome saciar.
A gente come antes com o olfato
e enche os olhos de desejo
quer de pão se alimentar.
Pão e café quente
ou o leite pra molhar.
Pão na chapa com pingado
Pão com frios pra se deliciar
pão doce, pão francês,
a gosto do freguês.
Todo dia bem cedinho
a gente vai na padaria
escolher o pão da vez.
Bendito seja o pão 
que alimenta e sacia.
Multiplica Senhor em cada mesa
o nosso pão de cada dia!


Paula Belmino





História do pão



O primeiro registro do pão fermentado data de, aproximadamente, 4 mil anos a.C., quando os egípcios, realizaram a fermentação de uma massa de trigo. O pão era o alimento do povo. Os egípcios amassavam o pão com os pés, utilizando espécies de trigo de qualidade inferior. O trigo de qualidade superior estava reservado para os ricos.
Foram os romanos que espalharam o consumo do pão pela Europa. Era costume fazer-se uma cruz na massa do pão e rezar para que ele crescesse bastante, o que originou um corte que ainda se vê nos pães de hoje. Até à Idade Média o número de pães era uma medida de pagamento.
Para os cristãos o pão é um alimento sagrado: um símbolo do corpo de Deus, da vida e de partilha.



domingo, 15 de outubro de 2017

Ao mestre com carinho

Eu em minha formatura com as professoras queridas, entre elas Alice Maria que de tanta admiração e amor mudou meu ser.


Professa  fé de um tempo novo
a esperança semeia
tem nas mãos a missão
de educar.
É dom cultuar o saber
e construir novas ideias
fomentando o sonho.
É professor
na luta diária
por um país mais justo para todos
na formação de cidadãos de bem
é ousadia
acolhe com amor a alma pequenina
e às mentes jovens alude criatividade
é pura poesia.
Traz nas suas dores a  vida , a sede por sabedoria.
Sempre atento
elogia e guia 
novas habilidades e competências 
Tem por dom incentivar a criação
ler a palma da mão
e oferece caminhos na promoção da aprendizagem.
No coração promove a empatia
É mestre que aprende constantemente e cresce com o pupilo.
Sempre na constante perseverança do bom caminho
busca nos livros a boa formação
tem neles o porto seguro
e trilha por diretrizes que promovam
ao bom futuro de paz.
É professor não desiste jamais!


Paula Belmino

Feliz dia do professor a todos que na luta diária anseiam mais que os parabéns e as homenagens o reconhecimento , a valorização salarial, os direitos cumpridos.
Em especial agradeço aos meus professores que me fizeram ser o que sou, e aos professores amigos, e inclusive os professores de Alice que vão formando nela a visão de um futuro melhor.

Professores da Alice
Educação Infantil Na Escola Universo Kids


Professora Maria Auxiliadora 1 ano do Ens Fundamental


Professora Iranilda Coutinho 2º ano Ens Fundamental I



Professora Maria Sueli 3º ano Ensino Fundamental


Professora Josileide e os demais acima no 4º e atualmente no 5º ano


 Professor de flauta Francisco Aprígio


Professor de Violão Ray Santos


Professoras Cida e Elaine GACEC



A todos os mestres muito amor e gratidão!!!



sexta-feira, 13 de outubro de 2017

Amor lilás


Esse amor primeiro
púrpura alma em cicatriz.
Quando se pensa é o fim,
está no triz,
delicada flor lilás
murcha e cai.
Mas logo revive
esse amor lilás
sempre é primavera
e busca na minha alma
a paz.

Paula Belmino


quinta-feira, 12 de outubro de 2017

Poesia de Brincar: Cama de Gato




Cama de gato
Um fio entre as mãos
do barbante faz um nó
pra fazer a brincadeira
entrelaça o dedo indicador.
De um lado
e depois do outro
o barbante entre os dedos
do retângulo vira um xis.
Brincar o dia todo
quem nunca quis?
Passa que passa
e outros dedos abraça,
os fios nas mãos
brincadeira enlaça.
Ao meio, o vazio vira berço.
Seria uma teia pra dona aranha?
Quantas voltas daria
essa artimanha?
Dedinho aqui , dedinho lá
eis a manha do brinquedo:
chamar um amigo pra tentar
sem desfazer o laço o barbante retirar.
E você também quer tentar
Vamos de Cama de Gato brincar?

Paula Belmino

Poemas Brincantes







Para ouvir estrelas
e o som do coração
achar o tesouro escondido
entre as joias mais raras
é preciso adentrar 
a alma pura de uma criança.
É lá que vive
a poesia viva e pulsante
o som das águas.
E ao adentrar o pensamento de uma criança
e deixar-se navegar por seu sorriso
encontrarás assim o tesouro perdido
a paz!

Paula Belmino

Dando sempre voz às crianças incentivando a sonhar , brincar, desenvolver a boa leitura literária, levamos livros, os mais diversos que brincam, que falam de valores, que contam mistérios, que desafiam a língua, que desenvolvem a imaginação e desperta  a criatividade e assim vamos criando um novo caminho para uma infância digna, com direitos de ler e escrever, expressar os sentimentos, brincar e cocriar.
Essa semana em comemoração ao dia da criança temos trabalhado poemas de brincar, como é o caso do livro de José de Castro Poemas Brincantes
A gente leu, criou os próprios poemas a partir das brincadeiras, recitou no pátio para toda escola, brincou com brinquedos inventados e brincadeiras antigas, cantou, e vestiu-se de poesia.

Deem olhada em algumas atividades:

Leitura no pátio


Criação de um jogo da memória usando os brinquedos com poemas criados pelas crianças









"Eu me visto de Poesia"
Consistia em desenhar numa lixa fina com giz de cera os brinquedos preferidos e eu passaria o ferro quente por cima da liza na camiseta, depois eles escreviam usando canetas de tecido Acrilex os poemas brincantes inventados por eles.
Mesmo com a correção feita no caderno, alguns crianças ainda erram, mas o que importa é o criar, o escrever livremente, o erro serve para desafios maiores.









Vejam uns vídeos:





E no fim ainda ganharam lápis de minha mãe que na próxima semana vai visitá-los para falar sobre as brincadeiras antigas. Pois comemorarenos a semana da criança até sexta feira dia 20 e ai sim faremos uma festa brincante