segunda-feira, 19 de abril de 2010

Dia Do Índio


Sangue de Índio

Sou filha de índio
Aprendi com eles a dançar
Na luta pela mata virgem
Pela floresta livre a passear
Tenho seu sangue
Guerreiros sempre a lutar
Cantam e seus males espantam
Assim com eles vivo a cantar
Sou filha de índio
E os animais são meus companheiros
Amo a natureza
E a ela tenho por minha mãe
Planto, reciclo, não derrubo as árvores,
Alimento-me do suor de minha mão
Sou filha de índio
E respeito a diversidade
Faço barulho pra alegrar a vida
Num ritual de felicidade
Sou pintura e riso
Sou cultura em qualquer parte
Sou filha de índio
Sou beleza, cor e arte.
O sorriso é minha arma
Ecoando pelos quatro cantos do mundo
Na dança de amor pelo futuro.
Não esquecendo as raízes
Quero uma terra sem sangue,
Em paz! Homens felizes!
Sou filha de índio
Meu sangue é deles
E por eles existo e vivo


Paula Belmino

**foto de Alice linda fantasiada de Índia

5 comentários:

Chica disse...

Lindo poema e linda indiazinha!beijos,chica

Candi Doces disse...

Está linda essa indiazinha.
Se quiser da uma olhda nas fotos feitas pela equipe da Clic Fotos, no site deles, a Bibi desfilou depois da Mini Miss Mundo, a mamãe aqui ficou toda emocionada.
Bjinhos

Mimirabolante disse...

Essa indiazinha !!!!!

Mãe Mochileira,filho malinha.. disse...

fofa indiazinhaaaaa...desculpe a ausencia,ainda estou sem computador,chuifff..;-(
bjs e bom feriado!!!

Anônimo disse...

isso é uma horrível nunca vi mais chato!!!!!!!
na próxima faz melhor
mas esse está uma uma ofensa aos índios