segunda-feira, 13 de março de 2017

Meu Pé de Poesia






Meu pé de poesia
Onde sou pássaro no ninho
Flor adormecida
Desabrochando carinho
Fruto doce ao paladar
Alimentando a alma
Meu pé de poesia
Ar fresco
Sombra e calma.
Plantada nele ainda viajo
Sou borboleta nas flores
Perfumando sentimentos bons
Sutil natureza me invade.
Meu pé de poesia
Aqui nasço e renasço
Com raízes fortes que sustentam toda vida
Lendo e embalando-se em versos de paz
Meu pé de poesia me satisfaz
É doçura, encanto, natural de estado
Infância, livro e natureza
Meu pé de poesia é semente boa semeada
Árvore de ternura
Plantada na alma.

Paula Belmino


Nosso domingo foi assim com a presença da família e parentes vindos da capital, aqui as crianças subiram nas arvores, pegaram frutas do pé, correram e pularam. Quando descobriram como era fácil ficar sob à sombra do cajueiro acomodadas os livros vieram lhe inspirar, rendeu boas conversas, sorrisos e amabilidade. Um pé de cajueiro transformado em poesia e um mundo repleto de felicidade.

Vejam só:

Enzo e a mamãe Márcia leem Lindo de se olhar de Cecília Botana pela Editora Bamboblê


Fernanda encantada com o livro Esconde-esconde de maria Helena Zancan Frantz que nos presenteou com os livros de sua autoria para nossas ações literárias e claro não podia ficar de fora!


Clara lê : Meu reino por um cavalo de Ana Maria Machado, esse chegou aqui em casa pelo projeto RoMaria de Livros e uso para nossas ações


Hadassa e Ismênia leem : Dandi e a árvore palavreira de Ana Cristina de Melo pela parceria linda da Editora Bambolê




As crianças nas fotos iniciais leem outros livros chegados aqui pelas parceiras editoras e escritores que nos apoiam.

Vejam um momento de plantar poesia pela Alice aproveitem e se inscrevam em nosso canal :




4 comentários:

✿ chica disse...

Adorei as imagens desse pé de poesia.Mais assim, muitos mais deveriam se ver! bjs, chica

Renata disse...

Que beleza de encontro das crianças com a poesia em meio à natureza, lindo demais! Beijo. Renata e Laura

Maes Depois dos 30 disse...

Nossa Paula que demais! Realmente deve ser muito bom ler num pé de caju! Adorei as fotos!

Juliana Pelizzari Rossini disse...

Que lindo pé de poesia.
Amei essa árvore cheia de lindos frutos.
Que gostoso ter a família reunida, em meio a natureza, para uma boa leitura.
Amei sua poesia.
beijos
Ju