quinta-feira, 2 de março de 2017

O livro que lê gente (Dica de Livro)




Há livros lidos e amados
Cheios de histórias a contar
Neles a gente viajar
Neles a gente vive a sonhar
São livros que nossa aventura é alegre
Cheios de suspense ou  de poesia
Livros que nos trazem alegria
E os que nos ensinam a criar
Livros que desenvolvem o pensamento
Livros que falam com a gente
Que são partes de nossa alma
Livros que são puro sentimento.
Mas há um livro que lê gente
Sabe de toda história de vida do leitor
Lê menino e menina
É especialista e observador
sabe do que cada um gosta
Faz analogias e presunções
Um livro que conta história para os outros
Na biblioteca vive em alerta atenção
Um livro que prova as doces histórias reais
Sabe falar de segredos
Faz amizade fácil
E nos encantou com muita graça

Paula Belmino


Essa poesia é baseada na história do Livro que lê gente de Alexandre de Castro Gomes pela editora Cortez que recebemos aqui para nossas ações literárias, e conta a história de um livro que vive há tempos na biblioteca e sabe ler cada leitor que por ali passa. 
O livro retrata clássicos dos livros infantis Aladin e Pinóquio e faz a intertextualidade com eles, de maneira fantástica faz o papel inverso de ser o livro que nos ler e não o contrário, revelando mesmo, ser assim que cada um de nós por gostos e personalidades diversas temos afirmações e afinidades por certos conteúdos e temas abordados nos livros, aptidões por temas e assuntos que ao invés de escolher os livros, somos por eles escolhidos, mesmo quando sabemos que é importante ler sobre tudo para poder opinar, questionar, estar apto a falar sobre aquele assunto,afinal ler é capital humano e nos enriquece.


O livro que lê gente foi um dos melhores de 2016 escolhido pelo selo Cátedra Unesco, além de melhores indicados pelo Leiturinha entre tantos outros sites que sempre é bem citado. Um livro lindo e bem ilustrado pela Cris Alhadeff desperta a imaginação da criança e aguça a curiosidade, além d e incentivar a criança a ler e  para nós pais e responsáveis é mais uma ferramenta de incentivar as crianças a conhecer a biblioteca do bairro, vai ver que os livros estejam nos lendo por lá não é?



O livro chegou por aqui e já encantou as crianças na praça e na biblioteca que após as férias reabriu e claro não poderia deixar de conhecê-lo, fomos lá eu e a Alice visitar a bibliotecária Vitória Lópes e com sua filha Anaiara , a melhor amiga da da Alice  brincaram leram e fizeram um vídeo contando um pouquinho dessa história.



Preste atenção no vídeo:



Conheçam mais do trabalho do escritor

https://www.alexandredecastrogomes.com/


Para saber mais do livro:

SINOPSE


Em vez de ser lido, um livro velho e roto aprende a ler pessoas, numa estranha inversão de papéis. Depois de ser colocado longe do alcance dos leitores, no alto de uma estante, ele faz amizade com outro livro antigo que o ensina a enxergar a diversidade e a riqueza da vida humana ao observar os frequentadores de uma biblioteca. Juntos, procuram pistas e descobrem histórias e personagens da vida real incríveis.

  • Cortez Editora
  • Autor: Alexandre de Castro Gomes
  • Ilustrador: Cris Alhadeff
  • ISBN: 9788524924965
  • Número de páginas: 24
  • Formato: 21.00 x 28.00
  • Peso: 150 gramas

3 comentários:

✿ chica disse...

Adorei a proposta desse livro:ler gente que o lê...LINDO! bjs, chica

Alexandre de Castro Gomes disse...

Adorei o post! Obrigado, Paula!

Teresinha Nolasco disse...

Oi pessoal, muito legal esse livro diferente... Já pensou se os livros nos lessem.. iam contar sonhos, tristezas, alegrias e barbaridades hihihi

Melhor que seja só na imaginação..

Adorei a bibliotecária participando... Um beijo grandão e boas leituras

Tê e Maria ♥